[0086 - 09/05/2020] Explorar a Floresta Encantada - Guilherme

Cada sessão de jogo terá 1 tópico.

Título do tópico:
[0000 - dd/mm/aaaa] "nome da sessão" - "nome do mestre"
[0001- 16/10/2017] A Sociedade do Anel - Gandalf, o Cinzento
[0002- 18/05/2018] As Duas Torres - Saruman, o Branco
Por favor, escreva seu relatório em um único post e coloque o nome do seu personagem.

Moderator: Mestres

Post Reply
User avatar
Grimm
Ancião
Ancião
Posts: 1559
Joined: Sat Jul 14, 2018 1:20 am
Location: Istanbul

[0086 - 09/05/2020] Explorar a Floresta Encantada - Guilherme

Post by Grimm » Wed May 13, 2020 5:49 pm

Mestre: Guilherme
Aventura: Aos aventureiros que desejam conhecer mais sobre as florestas ao sul de Fogovivo, irei explorar a floresta encantada e se possível descobrir seus mistérios e perigos.
Dia/Hora: 09/Maio/2019 16h00min
Timezone: https://notime.zone/Lml2thuzcenV7
Nível: Preferencialmente novatos
Tempo: da 16:00 Até as 21h. (5h de jogo, ou mais caso o grupo tenha disponibilidade)
Procurando por: Qualquer tipo de aventureiro.
Saque: Todo o saque (mundano) será recolhido por Shagal, que irá vender tudo e dividir igualmente os ganhos. Itens exóticos e/ou mágicos terão seu destino definido pelo druida.

Grupo atual:
Nome Classe Nivel
Shagal Druída das savanas 5
Fumaça Ranger/Rogue 1/3
Soubek Monge 1
Mithreth Undómiel Mago 1
Moxt Aussir Ranger (Revisado) 3
badger badger.png
badger badger.png (1.68 MiB) Viewed 983 times
faerie dragons.png
faerie dragons.png (1.71 MiB) Viewed 983 times
cavernas.png
cavernas.png (1.67 MiB) Viewed 983 times
If the barbarian has ten gold pieces, and the rogue steals half of it, what does the rogue take?
1d12 slashing damage.

Tags:

User avatar
Hélio
Proficiente
Proficiente
Posts: 104
Joined: Thu Jul 18, 2019 12:57 am
Location: Florianópolis/SC, Brasil

Re: [0086 - 09/05/2020] Explorar a Floresta Encantada - Guilherme

Post by Hélio » Sat May 16, 2020 2:05 am

Relato de Moxt Aussir, O Pequeno Branco.

Nessa jornada acompanhei velhos e novos companheiros. Elfos, Humanos e um descendente dos dragões pretos. É sempre bom encontrar primos distantes.

Essas jornadas de mapeamento e exploração as florestas próximas não me satisfazem como antes, há pouco carne, elfos que me confundem, algum risco e pouco aprendizado. Entretanto há muito não me aventura em grupo. Estudar os humanoides de sangue quente de outras terras ainda é interessante. Dito isso, foi muito bom conhecer um conterrâneo de Toryl, um hibrido de humano e gato, vulgo Fumaça. Fumaça foi o primeiro ranger que vi nesses terras. Talvez a falta de patrulheiros como nós justifique essa vontade continua de explorar, já que ninguém explora como nós.

Na floresta encontramos algum animais de médio porte e julguei poder comer carne fresca novamente, mas novamente possíveis combates me impedirem se saborear essa iguaria. Só me restou frutas magicas novamente.

Encontrei dragões pela primeira vez nesse mundo, foi gratificante saber que eles habitam essas terras, bem como retornar a meu idioma nativo em um dialogo instrutivo e proveitoso. Espero retornar a floresta e novamente conversar com criaturas tão exóticas e maravilhosas. Em minha selva só haviam dragões malignos e cromáticos, predominantemente Pretos e Verdes.

Descobrimos que algo assustou o Goblins da montanha e estes agora buscam abrigo na floresta, trazendo desiquilíbrio. Os Goblins dessa terra definitivamente não são como os de Toryl. Péssimos comerciantes, pensei que presenciaria outro conflito desnecessário.

Depois de muita negociação adentramos a antiga moradia dos Goblins em sua montanha, onde encontramos criaturas inteligentes e perigosas. Derrotamos esses seres sem muita dificuldade, mas optamos em grupo em não continuar com a jornada. Pelo consegui um ótimo crânio para colocar no cinturão do Grande Branco, talvez assim ele me incomode menos por não termos brincado muito nos últimos dias.

Post Reply